O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou o financiamento global de R$ 1,037 bilhão para construção de três complexos eólicos nos estados da Bahia e do Ceará. Eles terão potência instalada total de 311,3 megawatts (MW), suficiente para abastecer cerca de 700 mil residências.

A construção será feita pelos grupos EDF, Enel e Aliança, subsidiária da Vale e da Cemig. As condições do BNDES de suporte ao setor eólico, aplicadas a estes projetos, envolvem um apoio de até 70% dos itens financiáveis, com custo 100% vinculado à Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP). O Banco também poderá avaliar a subscrição de até 100% de debêntures de infraestrutura emitidas pelo projeto.

Os parques contribuirão para a diversificação da matriz energética brasileira com uma geração limpa e renovável. Os projetos também auxiliam o país a cumprir as metas de redução de emissões de gases do efeito estufa, com as quais se comprometeu no Acordo de Paris.  Saiba mais, clique.

WP to LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: