A Abendi, FBTS e o Inmetro formarão um grupo de trabalho para debater o cenário econômico atual e encontrar formas de apoio aos profissionais certificados. A decisão foi tomada nesta semana, em uma reunião por videoconferência entre representantes das três instituições – por considerarem esse padrão de qualificação indispensável como fator de incremento à qualidade, produtividade, redução de custos e mitigação de riscos.
Um dos pontos mais discutidos durante o encontro foi a questão da ‘’atuação livre’’ de profissionais e organismos estrangeiros no País, sem o cumprimento das regras estabelecidas pela legislação nacional em relação ao Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade (SBAC).
Participaram da reunião: Inmetro: Marcos Heleno Guerson (presidente), Lenilton Duran Pinto (diretor de Avaliação da Conformidade), Leonardo Rocha (diretor substituto de Avaliação da Conformidade) e Marcelo Paggotti (assessor do presidente); Abendi: João Conte (diretor executivo), João Rufino (consultor de certificação e gestor do SNQC)  e Cláudio Forjaz (consultor associado); FBTS: Roberto Bastos (presidente). Vale destacar que as entidades Abraco e Abraman foram representadas na videoconferência pela Abendi e FBTS. Em breve, divulgaremos mais informações.

 

WP to LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: