Empresas assinam contratos das rodadas de partilha no pré-sal

a cerimônia contou com a presença do Presidente da República Michel Temer

O governo federal oficializou, no Palácio do Planalto, as assinaturas dos contratos da 2ª e 3ª Rodadas de Partilha de Produção no Pré-Sal. Ao todo, foram seis consórcios ganhadores dos Leilões realizados em outubro de 2017, que registrou o maior volume médio de óleo lucro para União no regime de Partilha de Produção, de 52,8% e 58,5% respectivamente.  Além dos representantes dos consórcios, a cerimônia contou com a presença do Presidente da República Michel Temer, do Ministro da Secretaria-Geral, Moreira Franco, do Ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, do Diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Décio Oddone, e do Diretor-Presidente da Pré-Sal Petróleo (PPSA), Ibsen Flores Lima. Foram assinados nesta quarta-feira (31/1) os contratos da 2ª e da 3ª Rodadas de Partilha da Produção no Pré-sal. Nos leilões, foram arrematados seis dos oito oferecidos, gerando R$ 6,15 bilhões de arrecadação em bônus de assinatura e cerca de R$ 760 milhões em investimentos mínimos somente na primeira fase do contrato (fase de exploração). Saiba mais.