Encontro abordou radioproteção em diversos setores

Nesta edição, o evento lembrou o maior acidente radiológico do mundo, em Goiânia

A proteção radiológica nas áreas médica, industrial, nuclear, de transporte de material radioativo e de controle de fontes de radiação ionizante, além da importância da especialização de profissionais para trabalhar no segmento, foram os temas mais debatidos durante o Congresso Internacional de Radioproteção Industrial, realizado em Goiânia (GO). No público, estavam autoridades governamentais, representantes de entidades e empresas, universitários, acadêmicos e pesquisadores. Nesta edição, o evento lembrou os 30 anos do maior acidente radiológico do mundo, quando pelo menos mil pessoas foram contaminadas por radiação de césio-137 naquela capital.

‘’Um dos momentos mais emocionantes, a meu ver, foi o encontro do doutor Rex Nazaré (ex-presidente da Cnen na época da tragédia) com a mãe da menininha Leide das Neves Ferreira, 6 anos de idade, que foi a primeira vítima do acidente’’, destacou a supervisora de Proteção Radiológica da Cnen, entidade apoiadora do encontro, Camila Moreira Araujo de Lima. Como patrocinadora do evento, a Abendi montou um estande na área de exposição, oferecendo aos visitantes a oportunidade de conhecer nossas atividades no setor de radioproteção industrial.