A COMPETITIVIDADE DOS FORNECEDORES LOCAIS NA PRODUÇÃO DE PETRÓLEO NACIONAL

Mark Shuster, vice-presidente executivo da Shell, afirmou que a reserva de 40 bilhões de barris do pré-sal tem capacidade para transformar o Brasil em um dos maiores produtores de petróleo do mundo.

Para aproveitar todo o potencial, é necessário investir mais na competitividade dos fornecedores locais. Segundo ele, é imprescindível ter uma cadeia de suprimentos que forneça produtos e serviços de qualidade com prazo e custo competitivos.