ABASTECIMENTO NACIONAL DE DERIVADOS

Rubens Azevedo, gerente de Marketing e Comercialização de Produtos Claros da Petrobras, declarou que, para garantir o suprimento dos próximos anos, os distribuidores precisarão investir mais em capilarização.

De acordo com a estimativa feita pelo professor Edmar Almeida do Instituto de Economia da UFRJ, a demanda nacional por gasolina em 2022 será de 80 bilhões de litros, sendo que cerca de 10 bilhões serão importados.